Atualmente no mercado, há uma variedade enorme de taças para diferentes tipos de bebidas e usá-las corretamente é crucial na hora da degustação. Ainda que praticamente todos os tipos de taças tenham a mesma estrutura, cada uma tem sua particularidade.

Seja para montar uma linda mesa para receber amigos e família ou apenas para sua própria degustação, saber a diferença de cada taça faz toda diferença. E por esse motivo, é fundamental saber diferenciar cada tipo de taça e para qual uso é indicado.

Nesse artigo você vai embarcar em uma jornada sobre as taças e aprender de vez quais são os tipos de taça, além de algumas dicas sobre como comprar e manter essas peças sempre em bom estado.

Tipos de taças – Taça para vinho

Foto: Pinterest – wefashiontrends.com

Há uma grande variedade de formas e estilos de taças para vinhos. A principal característica é possuir formatos e hastes mais alongadas, desenvolvidas especialmente para direcionar os aromas e sabores da bebida para pontos específicos da língua e do olfato.

Taça Bourdeaux

tipos de taças
Foto: Pinterest – vamosreceber.com.br

É indicada para vinhos tintos como o: Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah e Tannat.

Tipos de taças – Taça Borgonha

tipos de taças
Foto: Pinterest – almanaquesos.com

São taças com formato mais arredondado e bojo largo, fazendo com que a bebida tenha maior contato com o ar, liberando seus aromas mais rapidamente. Isto estimula uma maior apreciação por meio do olfato e valoriza a degustação de vinhos mais complexos, como os Pinot Noir.

Taças de vinho rosé e branco

Esse tipo de taça apresenta um bojo menor e haste mais longa. Isso ajuda a manter o vinho em temperatura adequada, fazendo com que os sabores e tonalidades sutis do vinho possam ser aprimorados. Ela pode ser usada para servir tanto vinho branco quanto rosé.

Taça para espumante e champanhes

Essas taças têm um formato mais alongado e estreito que permitem que o degustador visualize as borbulhas da bebida.

Possuem a haste mais longa para que a temperatura da mão não aqueça a bebida. Inclusive, esse design direciona os aromas para o olfato, ampliando assim o frescor.

As mais conhecidas são as taças flûte e tulipa.

Taça de sobremesa

tipos de taças
Foto: Pinterest – twitter.com

Sendo a menor das taças, tem hastes e bojo pequenos por conta da intensidade dos vinhos de sobremesa, como é o caso do Porto. Seu design permite que o gosto fique na ponta língua.

Independente da ocasião, cada tipo de taça conduz a uma melhor experiência na degustação do vinho.

Taças para drinks e coquetéis

Os variados formatos das taças de drinks não são por mero acaso. Tudo é pensado de acordo com as características da bebida, para a melhor degustação.

Taça Coupette

Tradicionalmente usada para servir margaritas, a taça coupette possui um formato que chama atenção, sendo que seu bojo tem uma divisão em duas partes, acima com a boca larga e abaixo mais estreito.

É utilizada para servir, além das margaridas, coquetéis de frutas e frozens.

Balloon

Também conhecida como taça de gin, tem o bojo largo, a boca estreita e haste longa. Ela é ideal para concentrar melhor os aromas e seu formato permite que se coloque bastante gelo dentro dela, mantendo a temperatura estável por mais tempo.

É também usada para servir Aperol Spritz, drinks que levam tônicas ou espumantes.

Tipos de taças – Dry

Apresentando forma em Y e haste longa, a taça martini como também é conhecida, é ideal para servir drinks em doses pequenas. A haste mais longa tem por finalidade evitar que a temperatura da mão esquente a bebida.

Indicada para servir Dry Martini, Cosmopolitan e Psico Sour.

Taça Escandinava

Possui o corpo mais acinturado, sua base é arredondada e a boca estreita e aberta. É indicada para o preparo de coquetéis exóticos, com frutas tropicais e coloridos.

São indicadas para o consumo de drinks como Mimosa e Bellin e que não levam muito gelo.

Tipos de taças – Taças para cervejas

Como o vinho, a cerveja também varia de acordo com sua composição, sendo assim, as taças são escolhidas conforme a bebida servida.

O uso variado das taças tem por finalidade realçar a aparência da bebida a fim de que sua transparência, tonalidade e espuma fique evidente.

A espuma é um dos principais fatores levado em conta, pois sua função é manter a temperatura e características físicas da bebida. O aroma e o sabor são essenciais na escolha da taça, a fim de proporcionar uma melhor apreciação possível.

Tulipa

Bastante conhecida como pilsener, essa taça tem como característica uma leve curva para fora e uma base estreita. Seu formato contribui na expansão dos aromas e contribui para a evolução da espuma.

Tipos de taças – Larger

Sendo o modelo mais popular do Brasil, essa taça possui um formato que ajuda a manter a espuma, auxilia na regulação da temperatura e ainda permite a apreciação das bolhas de gás.

Tem a base mais estreita que a boca e o corpo longo, sendo indicada para bebidas tipo Pilsen, American Lager e Light Lager.

Pokal

Apontado como a taça mais tradicional para degustação de cervejas, esse modelo possui uma haste curta e aro estreito, o que ajuda para preservar a espuma e também na percepção de aromas.

É um dos tipos mais versáteis e pode servir diferentes estilos de cerveja.

Tipos de taças – Snifter

Com um modelo mais curto e robusto, a taça snifter tem o aro mais estreito para melhor apreciação dos aromas. É indicada para cervejas mais fortes e marcantes como Ipa e Stout, e também pode ser usada para servir conhaque.

Weizen

Criada principalmente para o consumo de cervejas feitas de trigo, a taça Weizen possui a boca grande e um formato bem alongado e que vai estreitando na base.

Tem capacidade de até 500ml e é indicado para o consumo de cervejas mais marcante, como Weiss, Weizen, Weissdunkel e Weissbock.

Taça para bebidas sem álcool

Taça de água

Muito parecida com a taça de vinho, porém com um bojo maior e haste mais grossa para manter a temperatura da bebida. Vale destacar que na mesa de jantar a taça de água sempre estar à esquerda da taça de vinho, para assim limpar o paladar.

Usada também para servir sucos e refrigerantes.

Tipos de taças – Taça irish

Ideal para servir bebidas quentes, com alça lateral para evitar o contato da mão com o vidro e haste pequena que impede a perda do calor. Seu formato favorece a degustação de drinks como Irish Coffe, ou composto de cafés, chás e chocolates quentes.

  • Veja também: Tipos de cabos: 11 tipos que todo dono de casa deve conhecer

Higball

Indicado para servir bebidas com gelo, higball é um copo largo e de tamanho intermediário.

Tipos de taças – Collins

Com um formato mais estreito e alto, ele é perfeito para servir bebidas com canudo e coquetéis sem álcool.

Dicas para quando for comprar taças

É comum acreditar que na hora de comprar taças você só deva adquirir de acordo com a estética da peça, porém, seguir essas dicas vão ser uma ajuda para quem está iniciando nessa busca por variedades de designs de taças.

  • Procure por qualidade independente do estilo, sempre busque analisar a qualidade do vidro. Em lojas não especializadas, é comum encontrar taças com vidro muito fino, que se tornam atraente por possuir um valor mais em conta. Mas essa é uma decisão que pode se tornar uma grande dor de cabeça, já que esse tipo de taça quebra facilmente e pode até colaborar com acidentes domésticos. Na dúvida sobre a qualidade do vidro, sempre pesquise e sempre prefira uma marca que ofereça um vidro resistente.
  • Encontre o estilo ideal para você: são diferentes designs de taças oferecidas no mercado, porém, nem todas serão ideais para compor o estilo do seu bar, assim, procure por peças que combinem com a proposta do bar.
  • Compre peças de segunda mão: principalmente quem segue um estilo vintage, a opção de compra da taça com uma segunda mão pode ser uma ótima opção. Dessa forma você pode encontrar peças exclusivas, que não estão mais disponíveis para comercialização, deixando sua coleção ainda mais exclusiva. Existem alguns grupos em redes sociais para a venda e compra desses produtos, o que facilita encontrar aquela peça que você tanto deseja.

Dicas de limpeza e armazenamento das taças

Comprar as taças é um dos momentos divertidos, já que louça nova sempre é bem-vinda, mas como qualquer outro produto, as taças precisam de cuidados específicos, que devem ser seguidos para manter a integridade da peça e promover uma vida útil longa ao vidro.

Mesmo sendo uma peça delicada, as taças precisam passar por uma higienização, o que será um processo que necessitará de cuidados, para evitar que a peça sofra algum dano ou até cause algum corte caso quebre na lavagem.

Enxágue bem cada taça, removendo todo o sabão. Com cada peça limpa, seque-as imediatamente, isso evita manchas de água.

Nunca deixa para guardar as taças molhadas no armário ou cristaleira, isso pode arruinar a superfície e colaborar para a proliferação de mofo.

Prefira guardar as taças sempre de cabeça para baixo, dessa forma evita o acumulo de poeira e detritos na parte interna da peça. Essa forma de armazenar também evita que a taça seja facilmente derrubada.

Procure um espaço ideal para armazenar as taças. É mais comum o uso de armários e cristaleiras para manter essas peças guardadas e protegidas, mas sempre se certifique que o espaço é suficiente para o armazenamento de todas as taças.

Caso deixe suas taças exibidas, não esqueça de espaná-los sempre que necessário.

E se a taça quebra, lembre-se de descartar com segurança, evitando acidente para os profissionais que manuseiam o lixo.

  • Veja também: Tinta: 7 Erros que você comete ao comprar
Handreza Hayran é uma escritora de estilo de vida e entretenimento, com grande interesse em decoração de interiores e otimização doméstica.