Casa

Como Escolher uma Tela Mosquiteira

Com o aumento do calor e das chuvas os mosquitos se reproduzem muito mais.  

E sabendo que alguns deles podem transmitir doenças o importante é reduzir ao máximo as chances de entrarem dentro de casa.

O importante é que a tela mosquiteira permita que o ambiente se mantenha iluminado e ventilado. E, ao mesmo tempo, que impeça a passagem de insetos.

Boas telas são laváveis, não sofrem variações térmicas ou danos com intempéries climáticas.

Também não possuem substâncias tóxicas para repelir insetos, não favorecem o aparecimento de mofo e não propagam fogo.

Telas mosquiteiras para portas e janelas podem ser feitas de alumínio, aço galvanizado, inox, fibra de vidro, nylon,  ou PVC, e podem ser fixas ou móveis.

Telas mosquiteiras fixas necessitam de pontos de fixação junto à janela. Para isso utilizam pregos e parafusos.

Vale lembrar que, por isso, os modelos fixos não costumam ser colocados em portas. São, sim, colocados em janelas aonde se deseja manter a tela ininterruptamente.

A exceção fica por conta de portas ou janelas com persianas ou venezianas. Aí sim, o modelo fixo pode ser aplicado junto a elas.

Já as telas móveis apresentam encaixes como velcro ou até mesmo ímãs, que se prendem com a ajuda da força magnética das esquadrias.

Telas móveis são utilizadas junto a janelas e portas, já que, por serem móveis, permitem a passagem de corpos: são removidas e recolocadas com facilidade.