Jardinagem

Melhores lâmpadas para cultivar plantas dentro de casa

Não dá para sair comprando indiscriminadamente lâmpadas para manter plantas ornamentais. Existem alguns elementos que devem ser levados em conta:

– Espaço total do ambiente onde as plantas estão; – Área de iluminação; – Quantidade de plantas a atender;

– Intensidade da iluminação de acordo com o cômodo; – Ventilação; – Produção desejada;

Cada lâmpada é capaz de atender a uma necessidade específica. Elas são, basicamente, quatro: fluorescentes, LED, HQI e HPS.

De cara dá para afirmar que, na fase vegetativa, lâmpadas fluorescentes, LEDs e HQI são as corretas. E na etapa de floração entram as LEDs e HPS.

Você pode misturar os tipos de lâmpadas apresentados. Utilize as fluorescentes para um berçário, depois passe para as lâmpadas HQI durante a fase vegetativa, e use a LED e a HPS para a floração.

Lâmpadas fluorescentes tendem a ser mais azuladas; logo, menos potentes. Por isso são mais indicadas para o crescimento vegetativo.

A lâmpada de LED é a mais moderna de todas. E, não por coincidência, é o melhor custo-benefício, dependendo da necessidade das suas plantas.

As lâmpadas fluorescentes, as HQI emitem cor azulada, sendo recomendadas para a fase vegetativa do cultivo.

A fase floral das plantas tem tudo a ganhar com as lâmpadas HPS. Elas também esquentam o ambiente, o que é uma boa notícia, já que pode compensar as estações mais frias.

Uma vez escolhida a lâmpada ideal para as suas verdinhas você vai precisar instalá-la. Não deixe de escolher uma boa  luminária para essa missão.